Rendimento da Poupança

Na planilha abaixo você vê o rendimento da poupança hoje .


Corrija pelo Índice da Caderneta de Poupança

Uma boa maneira de se prever quanto você terá no futuro aplicando na poupança é fazer uma simulação também de sua rentabilidade passada, tendo em vista que a parte variável do rendimento, a TR, oscila normalmente entre 0,5 e 2% apenas.

Use a ferramenta abaixo para corrigir qualquer quantia pela poupança passada. Se você realizou vários aportes, basta fazer uma simulação para cada um deles e somar (somatório simples) os totais encontrados.

Como calcular os juros da Poupança

Os juros da poupança equivalem a meio porcento ao mês mais Taxa Referencial. Essa regra só não se aplica quando a Selic estiver abaixo de 8,5%, quando então o rendimento será 70% da taxa de juros Selic.

Rendimento real negativo

Você deve se lembrar que, embora esse rendimento anunciado seja isento de imposto de renda, não há proteção contra a inflação.

Assim, embora as pessoas pensem que a poupança seja um investimento seguro, essa segurança é falsa e se trata de uma aplicação bastante arriscada.

O risco é de rendimento real negativo, após abatida a inflação no período.

Esse risco é gravíssimo, mas poucas pessoas têm consciência dele. Imaginam que somente porque o valor do saldo/extrato está maior que no período anterior, obtiveram ganho.


Rendimento principais aplicações

Veja na tabela abaixo quanto rende hoje as principais aplicações financeiras do mercado. A tabela possui informações do rendimento bruto, líquido e real (abatida a inflação). Para entender melhor as informações, veja as explicações no site de onde foi retirada:




Poupança x Tesouro Direto

A alternativa mais procurada à poupança por quem recebeu instrução na área de educação financeira é o Tesouro Direto.

O investimento em títulos públicos possui diversas vantagens sobre a tradicional poupança. Veja o comparativo:

Segurança contra quebra
A poupança é protegida somente até o limite do FGC (Fundo Garantidor de Créditos), ou seja, 250 mil reais. Saldos superiores a esse estão sujeitos à saúde financeira do banco. Já os títulos públicos são garantidos pelo Tesouro Nacional e considerados o investimento mais seguro do mercado.
Segurança contra Inflação
A poupança não oferece. Já o Tesouro oferece diversos títulos com remuneração composta de inflação mais juros.
Imposto de Renda
A poupança é isenta, o Tesouro Direto, não. Mas, após o imposto de renda, o rendimento deste ainda é maior.
Taxas
Não incidem taxas sobre a poupança, mas incidem sobre o Tesouro. Porém, as taxas são todas proporcionais, não havendo taxa fixa. Isso significa que seu rendimento "extra" em relação à poupança será capaz de pagar as taxas existentes.
Facilidade de investimento
Ambos são muito fáceis. O Tesouro exige que seja feito um cadastro em Agente de Custódia autorizado. Mas, após isso, as aplicações podem ser feitas pela internet.
Liquidez
Outra grande vantagem do Tesouro: embora ambos possam ser resgatados a qualquer hora, somente os títulos públicos possuem rendimento diário. A poupança, se você sacar faltando um dia par ao aniversário mensal (a chamada data-limite), não rende nada.
Facilidade de investimento
Ambos são muito fáceis. O Tesouro exige que seja feito um cadastro em Agente de Custódia autorizado. Mas, após isso, as aplicações podem ser feitas pela internet.

O que você prefere, Poupança ou Tesouro?